Conheça um pouco mais sobre Luiz Fernando de Paula.

Veja entrevistas e resportagens com Luiz Fernando de Paula..

LIVROS

Economia Monetária e Financeira: Teoria e Política (3a edição atualizada)
Editora: Campus/Elsevier
Ano: 2015

Organizadores: AUTORES: Fernando Cardim de Carvalho, Francisco E. Pires de Souza, João Sicsú, Luiz Fernando de Paula e Rogério Studart. Oito anos separam a segunda da terceira edição de Economia Monetária e Financeira. Esses não foram oito anos quaisquer, especialmente para os temas tratados neste livro. A crise financeira iniciada nos Estados Unidos em 2007, que se espalhou pelo mundo no ano seguinte, transformou dramaticamente o debate em torno da operação dos mercados monetários e financeiros, dos benefícios e custos da globalização financeira e da liberalização dos fluxos internacionais de capitais, do papel das políticas monetária e cambial, apenas para ficar nos aspectos mais óbvios. Teorias que se tinham enraizado profundamente no modo de pensar da comunidade de economistas, como aquelas apoiados na hipótese de eficiência dos mercados financeiros, foram objeto da crítica mais dura, provinda não apenas de círculos ditos heterodoxos, mas também de pilares do mainstream em economia, aí incluídos vários ganhadores de prêmios Nobel em economia. Governos e autoridades reguladoras foram particularmente surpreendidos pela violência e duração da crise econômica, convencidos que foram, nos anos anteriores, da sabedoria fundamental de políticas de liberalização financeira.

A Teoria Econômica na Obra de Bresser-Pereira
Editora: Editora UFSM
Ano: 2015

Organizadores: José Luis Oreiro, Luiz Fernando de Paula e Nelson Marconi (ed.) “Caracteristicamente, Bresser Pereira voltou-se para o problema cambial e seu impacto deletério sobre a produção industrial brasileira na terceira das fases aqui mencionadas, que, aliás, ainda, se desenrola. Novamente, como é típico de toda a obra de Bresser, sua produção sobre o tema é nada menos que vertiginosa. Bresser Pereira segue de perto o exemplo de Keynes como economista público, interessado não apenas em entender e intervir, mas também em persuadir o público da importância dos problemas e da natureza de sua solução. A criação de novos conceitos, como o de taxa de câmbio que preserva o equilíbrio industrial, é parte desse esforço, ao mesmo tempo criativo e didático, numa atividade que parece ser tão intensa quando se comemora seus oitenta anos, como sempre foi”. Do Prefácio de Fernando Cardim de Carvalho Maiores informações: https://editoraufsm.com.br/ultimos-lancamentos/a-teoria-economica-na-obra-de-bresser-pereira

Sistema Financeiro, Bancos e Financiamento da Economia: Uma Abordagem Keynesiana
Editora: Campus/Elsevier
Ano: 2014
Resenha de Giuliano Contento de Oliveira, Revista Estudos Econômicos

Organizadores: AUTOR: Luiz Fernando de Paula PREFACIO de Fernando Cardim de Carvalho "Em sua trajetória de economista, a ampla pesquisa de Luiz Fernando de Paula sobre setor bancário e sistema financeiro foi construída em cima das ideias de Keynes, Minsky e Schumpeter. Ele traz essas ideias em uma análise magistral do papel do setor bancário e das finanças sobre crescimento econômico, crise e desenvolvimento. Seu tema central – fragilidade financeira e instabilidade que emerge em função da própria lógica de expansão capitalista – é essencial para entender a situação presente de economia mundial. A concisa e abrangente revisão do “estado da arte” do pensamento econômico realizada neste livro é imensamente útil tanto para especialistas quanto para iniciantes na temática sobre bancos e financiamento". Gary A. Dymski (Professor de Economia da Leeds University Business School e da Universidade da Califórnia, Riverside).

Financial Liberalization and Economic Performance: Brazil at the Crossroads
Editora: Routledge
Ano: 2011
Resenha de André Cunha (Journal of Latin American Studies)

Organizadores: AUTHOR: Luiz Fernando de Paula. Preface by Jan KREGEL. "In this book Luiz Fernando de Paula makes a deep, as well as broad, analysis of the experience with the process of financial liberalization in Brazil. This is a comprehensive and rigorous analysis of the fundamentals of financial liberalisation as it has been applied in Brazil. Not only does the book analyse the theoretical and practical issues of financial liberalisation, but also it is highly critical of it. The book shows that capital account liberalization has not contributed to a more stable macroeconomic environment in the Brazilian economy, as this might have been expected on purely financial liberalisation theoretical grounds. It is also argued in the book that the expected benefits of foreign banks entering the domestic banking sector, such as new initiatives in the credit supply and lower net interest margins, never materialised in the case of Brazil. The message of the book is extremely timely. Anybody who wishes to acquire full understanding of the Brazilian contemporary experience with financial liberalisation should read this book." Professor Philip Arestis (University of Cambridge).

A Crise Financeira Internacional: Origens, Desdobramentos e Perspectivas
Editora: Editora UNESP
Ano: 2012
Resenha do livro, por Flavio Vilela Vieira (Revista Análise Econômica)

Organizadores: Fernando Ferrari Filho e Luiz Fernando de Paula. "Elaboradas por renomados economistas keynesianos, brasileiros e estrangeiros, as análises abordam as origens e os desdobramentos do colapso financeiro internacional iniciado em 2007-08, com a crise do subprime, e dinamizado com a crise financeira e fiscal da zona do euro em 2010". Do PREFACIO de Gilberto Tadeu Lima.

Macroeconomia do Desenvolvimento: Ensaios sobre Restrição Externa, Financiamento e Política Macroeconômica
Editora: Editora Universitária UFPE
Ano: 2012

Organizadores: José Luis Oreiro, Luiz Fernando de Paula e Flavio Basilio. Este livro objetiva discutir os entraves ao crescimento sustentado da economia brasileira, incluindo temas diversos como definição da estratégia novo-desenvolvimentista, avaliação da estratégia de desenvolvimento em curso no país, desigualdades regionais no Brasil, liquidez internacional e a economia brasileira, restrição externa ao crescimento, sistema financeiro nacional e o financiamento da economia, sugestões de política econômica, inserção internacional da economia brasileira, impactos da crise financeira internacional sobre o Brasil, etc. Para tanto, discute-se ainda proposições de política econômica e agenda de reformas que dêem sustentação ao crescimento sustentado da economia brasileira.

Sistema Financeiro e Política Econômica em uma Era de Instabilidade
Editora: Campus Elsevier/AKB
Ano: 2012
Resenha do livro, por Igor Rocha (Estudos Econômicos)

Organizadores: André Modenesi, Daniela M. Prates, José L.Oreiro, Luiz Fernando de Paula e Marco Flavio C. Resende. Prefácio de Luiz Gonzaga Belluzzo. Este livro objetiva avaliar os desdobramentos da crise financeira internacional, no mundo e no Brasil, assim como avaliar algumas alternativas de políticas. A primeira parte do livro analisa a natureza e os desdobramentos da crise financeira mundial e, em particular, na Zona do Euro, visando apresentar lições, soluções e perspectivas. Além disso, apresenta tendências e perspectivas da regulação do sistema financeiro mundial. A segunda parte focaliza a política econômica no Brasil após a crise. Já a terceira, aborda os temas da restrição externa ao crescimento e da pobreza no contexto das crises econômicas e, também, das políticas e perspectivas para o crescimento sustentado da economia brasileira.

Os Desafios Atuais para a Economia Brasileira
Editora: EDUERJ
Ano: 2010

Organizadores: Octavio Tourinho, Luiz Fernando de Paula e Léo da Rocha Ferreira. Este livro se compõe de artigos elaborados pelos professores da Faculdade de Ciências Econômicas da UERJ, que tem nele um dos pontos altos da celebração de seus 80 anos de existência, naquela que é uma das mais antigas e tradicionais faculdades do País. Com uma pluralidade de temas e riqueza de perspectivas, o livro contribui de forma importante para a análise de temáticas especificas relacionadas à economia brasileira contemporânea, em particular sua inserção internacional e políticas públicas setoriais. AUTORES: Ana Cecília Kreter; Angela Moulin S. Penalva Santos; Antonio Salazar Brandão: César das Neves;Daniel H. Rocha de Sousa; Elcyon Caiado Rocha Lima; Gervásio Castro de Rezende; Graziella Magalhães de Castro: Guilherme M.Reis Mercês; Henrique O. Massena Reis Jr; Honorio Kume; José W. Rossi; Léo da Rocha Ferreira; Lucia Helena Salgado e Silva; Luiz Fernando de Paula; Miguel Bruno; Octávio A. Fontes Tourinho; Paloma Palmieri Alves; Paulo Henrique Souto: Ricardo Macedo; Rodrigo Mendes Leal; Sandro Marino Duarte;Tara Keshar N.Baidya.

Política Monetária, Bancos Centrais e Metas de Inflação: Teoria e Experiência Brasileira
Editora: Editora da FGV
Ano: 2009

Organizadores: José Luis Oreiro, Luiz Fernando de Paula e Rogério Sobreira. "Este livro é mais do que oportuno, pois entre outros pontos avalia o desempenho da política de metas de inflação no Brasil, analisa os seus canais de transmissão, levanta seus diversos problemas de natureza teórica e discute como a seleção de instrumento único e metas estritas limitam o crescimento potencial da economia brasileira. O livro apresenta também proposições alternativas, inclusive de governança, para política de metas de inflação no Brasil." Do PREFACIO de Yoshiaki Nakano. AUTORES: Breno P.Lemos; Carmem A.Feijó; Cleomar Gomes da Silva; Fernando Cardim de Carvalho; Fernando de Holanda Barbosa; Gabriel Caldas Montes; Gabriel Coelho Squeff; Helder F. de Mendonça; Joaquim Pinto de Andrade; José Luis Oreiro, Lucas Lautert Dezordi; Luciano D´Agostini; Luiz C.Bresser-Pereira; Luiz Fernando de Paula; Manoel Carlos C. Pires; Marcelo Luiz Curado; Marcelo Passos; Marcos Wagner da Fonseca; Maurício Bittencourt; Rafael Quevedo do Amaral; Rodrigo Padilha; Rogério Sobreira; Rubens Penha Cysne.

Financial Liberalization and Economic Performance in Emerging Countries
Editora: Palgrave Macmillan
Ano: 2008
Resenha do livro, por Andre Cunha (Revista de Economia Política)

Organizadores: Philip Arestis e Luiz Fernando de Paula. This book discusses the relationship between financial liberalization, financial deepening and economic performance both a theoretical and a policy perspective, comparing several big emerging countries: Argentina, Brazil, China, India, Mexico, South Africa and India, amongst others. AUTHORS: Jan Kregel, Jan Priewe, Luiz F. de Paula, Ricardo Gottschalk, Fernando Cardim de Carvalho, H. Herr, Sunanda Sen, Julio Lopez, and Jonathan Williams.

Economia Monetária e Financeira: Teoria e Política
Editora: Campus/Elsevier
Ano: 2007

Organizadores: AUTORES: Fernando Cardim de Carvalho, Francisco E. Pires de Souza, João Sicsú, Luiz Fernando de Paula e Rogério Studart. Na visão dos autores do livro, nas modernas economias capitalistas, questões monetárias são importantes principalmente porque afetam as escolhas privadas de poupança e investimento, influenciando diretamente as oportunidades de aplicação financeira abertas ao público e as condições de operação dos sistemas financeiros. Os autores consideram que, a partir da década de 1990, tornou-se cada vez mais relevante a consideração de que mercados monetários e financeiros estão globalizados mais do que qualquer outro setor. Privilegiar a integração de temas monetários com questões da área financeira e dar especial atenção à operação destes mercados em economias abertas tornam este livro particularmente útil para o estudo da economia do século XXI.

Monetary Union in South America: Lessons EMU
Editora: Edward Elgar
Ano: 2003

Organizadores: Philip Arestis e Luiz Fernando de Paula. The principal aim of the book is to contribute to the academic debate on the future of MERCOSUR. Focusing on monetary unions, with particular reference to the EMU experience, and on the principles of economic policy co-ordination, the book addresses a number of questions, the most important ones being the following: Is it possible, or indeed desirable, to achieve monetary integration in MERCOSUR? What would the preconditions be for establishing such a Union? What would the convergence criteria be for joining the monetary union? What are the expected economic consequences for the member countries of a MERCOSUR monetary union? Are there any other options than monetary union for MERCOSUR? AUTHORS: Adriana M. Amado, Joaquim P. de Andrade, Philip Arestis, José Maria Fanelli, Fernando Ferrari-Filho, John Flemming, Fábio Giambiagi, Daniel Heymann, Arturo O’Connell, Luiz Fernando de Paula, Malcolm Sawyer, Luiz A. Simoes da Silva, Maria L. Falcão Silva, Rogério Studart, Hans-Michael Trautwein.

Sistema Financeiro: Uma Análise do Setor Bancário Brasileiro
Editora: Campus/Elsevier
Ano: 2007
Resenha do livro, por Giuliano Contento de Oliveira (Revista de Economia Política)

Organizadores: Luiz Fernando de Paula e José Luis Oreiro. Este livro objetiva avaliar em que medida o setor bancário brasileiro tem sido funcional ao processo de desenvolvimento econômico do país, assim como características específicas do funcionamento deste setor no Brasil, como padrões de competição, eficiência e spread bancário. Em particular, serão exploradas a dimensão macroeconômica e microeconômica da eficiência do setor bancário, além de aspectos relativos à realidade brasileira, como exclusão social e desenvolvimento regional. AUTORES: Adriana Amado, Alexandre Marinho, André Modenesi, Elisângela Saches, Fernando Cardim de Carvalho, Gary Dimsky, Guilherme Jonas C. da Silva, João Adelino de Faria, José Luís Oreiro, Marco Crocco, Luiz Fernando de Paula, Manoel Carlos de C. Pires, Melissa Menezes, Rodrigo Mendes Leal e Rogério Sobreira

Novo Desenvolvimentismo: Um Projeto Nacional de Crescimento com Eqüidade Social
Editora: Manole/Konrad Adenauer
Ano: 2005

Organizadores: João Sicsú, Luiz Fernando de Paula e Renaut Michel. "Um grupo de audazes autores cientistas sociais sai a campo para contestar o pensamento único dominante na economia e no governo Lula. Por meio de um conjunto abrangente de ideias, demonstram que há alternativas à política que está sendo imposta, e que elas não implicam riscos nem catástrofes para o Brasil." Do PREFACIO de José Alencar (Vice-Presidente, 2003-2006). AUTORES: Carlos E.Carvalho, Cláudio Salm, David Kupfer, Fábio Hideki Ono, Fernando Cardim de Carvalho, Frederico G. Jayme Jr., Guilherme Jonas C. Silva, J. Carlos de Assis, Jennifer Hermann, João Saboia, João Sicsú, José Cláudio Ferreira da Silva, José Luís Oreiro, Leda Maria Paulani, Luiz C. Bresser-Pereira, Luiz Fernando de Paula, Marcelo Paixão, Marco Crocco, Maria de Lourdes R. Mollo, Paulo Nogueira Batista Jr. e Renaut Michel.

Globalização Financeira: Ensaios de Macroeconomia Aberta
Editora: Vozes
Ano: 2004
Resenha do livro, por Andre Modenesi (Estudos Econômicos).

Organizadores: Fernando Ferrari Filho e Luiz Fernando de Paula. O livro Globalização Financeira: Ensaios de Macroeconomia Aberta reúne contribuições de renomados economistas brasileiros e estrangeiros que têm desenvolvido pesquisas em economia internacional, com ênfase no fenômeno da globalização financeira, em uma linha teórica heterodoxa mais próxima à teoria pós-keynesiana. AUTORES: Adriana Amado, Antonio J. Alves Júnior, Fernando Cardim de Carvalho, Fernando Ferrari Filho, Gary Dimsky, Jan Kregel, José Luís Oreiro, José Maria Fanelli, Julio López, Luciano Coutinho, Luiz C.Bresser Pereira, Luiz G.Belluzzo, Luiz Fernando de Paula, Malcolm Sawyer, Maria de Lourdes Rollemberg Mollo, Michel Aglietta, Otaviano Canuto, Paul Davidson, Philip Arestis, Sheila Dow e Yoshiaki Nakano.

Agenda Brasil: Políticas Econômicas para o Crescimento com Estabilidade de Preços
Editora: Manole/Konrad Adenauer
Ano: 2003
Resenha livro, por Pedro Paulo Bastos (Revista de Economia Política).

Organizadores: João Sicsú, José Luis Oreiro e Luiz Fernando de Paula. Prefácio: Luiz C. Bresser Pereira. Agenda Brasil é um livro de diagnósticos e propostas para transformação da realidade econômica brasileira, feita por iniciativa do Grupo de Estudos sobre Moeda e Sistema Financeiro, grupo de natureza interinstitucional (UFRJ, UERJ, UFPR, UFF, EBAPE/FGV, UFMG e UFRGS) sediado no Instituto de Economia da UFRJ. Propõe-se no livro uma alternativa de modelo de política econômica que pode ser adotado no país.

Macroeconomia Moderna: Keynes e a Economia Contemporânea
Editora: Editora Campus
Ano: 1999
Resenha livro, por Gilberto Libanio (Nova Economia)

Organizadores: Gilberto Tadeu Lima, João Sicsú e Luiz Fernando de Paula. Prefácio de João Sayad. O livro reúne artigos de autores que têm desenvolvido pesquisas em economia na linha teórica keynesiana. Com a sua publicação, pretende-se demonstrar a relevância e a extensão da teoria keynesiana contemporânea em diferentes áreas, tais como política econômica, programas de estabilização, crises cambiais, reforma do sistema financeiro internacional, financiamento da economia, sistema bancário, desenvolvimento regional, crescimento econômico e distribuição de renda. AUTORES: Adriana Amado, Carmen Feijó, David Dequech, Fernando Cardim de Carvalho, Fernando Nogueira da Costa, Fernando Ferrari Filho, Gilberto Tadeu Lima, João Sicsú, Joaquim Pinto de Andrade, José L.Oreiro, Julio S.Gomes de Almeida, Luiz Antônio de Oliveira Lima, Luiz Gonzaga Belluzzo, Maria Luiza Falcão, Paulo Nogueira Batista Jr., Paul Davidson e Rogério Studart.